Publicado por: rodrigobmpoa | 2 de outubro de 2009

Mustang Mk. III Royal Air Force – ICM 1:48

Olá pessoal;

Eu cocei os dedos muito tempo querendo comprar um kit da ICM, ouvi mais de uma pessoa que conheço pessoalmente falar bem dele, em relação à quantidade de detalhes. Como haviam três em Porto Alegre, minha cidade, fui até a loja comprar (na Hobbycraft), aproveitando que precisava de uma tinta da Humbrol (um verde para cockpits de aviões ingleses). Haviam três modelos de Mustang da ICM:

Código 48161 – Mustang P51A (Americano)

Código 48125 – Mustang P51B (Americano)

Código 48123 – Mustang Mk. III (Inglês)

Optei pelo 123, pois tinha opção de canopy ” Malcolm”, que eu acho mais bacana. Para quem não sabe a diferença, catei uma imagem na internet para ilustrar:

P51 evolução

O P-51 Mustang foi o caça aliado mais importante de toda a Segunda Guerra Mundial e na opinião de muitos especialistas, foi o melhor avião a pistão de todos os tempos. Ele quando entrou em operação era muito superior aos caças alemães, com exceção do Messerschimitt ME-262, mas comentar sobre isso renderia uma loga história, sem falar que eu não sei a fundo sobre isso.

Projetado pela North American, o P-51 foi criado para atender uma encomenda da RAF (tem uma breve explicação aqui), mas o excelente desempenho dos protótipos chamou a atenção do governo americano, que logo começou a operar o P-51A, equipado com o motor Allison, enquanto os projetistas ingleses da RAF optaram por equipar esse aparelho com um belo motor Rolls-Royce Merlin, o mesmo que equipava o Spitfire, e o desempenho do novo caça foi sensacional, e o Merlin tornou-se o motor padrão de todos os Mustangs seguintes.

Pulando um pouco a história (certamente tem leitores que sabem ela melhor que eu e indo ao assunto, o kit em questão é de um Mk. III que era um Mustang II (derivado do P51B) e com um canopy melhorado, que os ingleses batizaram de “Malcolm” .

Esse kit é meio que uma “salada de fabricantes”. Consta que ele é um molde original Tamiya, com aperfeiçoamento no interior do cockpit e com algumas linhas de rebites a mais na fuselagem, e que resultou no que alguns comentam, em um kit final melhor que o original.  Ele é feito na Ucrânia (leste europeu) e distribuido pela já muito conhecida fábrica italiana Italeri.

Analizando a caixa, ela é pequena e não muito robusta, se compararmos com uma caixa de kit Academy ou Revell e até mesmo da Italeri, de um avião na mesma escala:

300920091238

Informações costumeiras na parte externa da caixa, sobre a ICM e Italeri:

300920091240300920091239

Uma característica da Italeri, é a informação dos padrões de cores e tintas na parte externa da caixa, que se repete nesse kit da ICM, aumentando as coincidências (que na realidade não são coincidências) entre os dois fabricantes. Porém, alguém (importador) “iluminado por um repente magnífico de inteligência e oportunismo”, colou um adesivo BEM em cima dessa info:

300920091241

E lá fui eu tirar, torcendo para o adesivo sair numa boa:

300920091243

Mas não rolou, rasgou um pouco:

300920091245

Vou dar uma olhada nas cores no final de semana, acho que tenho quase todas.  Olhando o set de decais, achei eles meio frágeis porém bem impressos, mas não se comparam aos da Cartograf (fabricante muito boa) que eu tenho em outro kit. Fiquei mal acostumado com a Cartograf.

300920091248

O manual é bem explicado, e tem que ser mesmo pq não entendi NADA do que estava escrito em uma rápida observada. Acho que pelo menos as partes que eu olhei, estão em ucraniano, ou algo ainda menos claro para mim, que sei português (mal heheh), inglês e espanhol idem.

300920091247

Coisas legais nesse kit tem muitas, cockpit realmente bem detalhado, duas versões de escapamento, duas versões de canopy, duas versões de painel de instrumentos e que vieram em plástico transparente, que dá uma possibilidade de fazer algo bom.

300920091249

O kit é bem detalhado e com bastante peças. Mas tem umas rebarbas (a gurizada hoje chama de “flash”) que eu não curti:

300920091251

300920091250

300920091253

300920091254

300920091255

Uma impressão que eu tive foi de que o plástico não é lá muito reforçado, pouca espessura eu diria te ele tem. Como tenho um paquímetro, vou medir e comparar com os outros kits que eu tenho. Mas é bom maneirar na cola, pois senão tem tudo pra dar problemas graves.

Uma coisa me chamou a atenção: Ele vem lambuzado de óleo em algumas partes, esse óleo é o que se usa para o plástico não grudar na fôrma. Mas nada que uma banho de água e detergente não resolvam.

Me parece um desafio diferente esse kit, mas vamos à luta. Esse vai pra fila de espera, mas a curiosidade….

Abraços;

RodrigoBM


Responses

  1. […] Fiz uma breve análise do kit em si nesse post. […]

  2. poxa cara admiro tua paixao pelos avioes da segunda guerra..
    eu tenho aeromodelos…
    tenho dois corsair de tamanhos diferente..um mustang..um p-40…um spitfire..e um messerchimit..q ta quebrado esse..hehe
    queria te mandar umas fotos qualquer hra…sao tudo para tamanho motor 40…apenas os corsair q sao para 60 e o outro para 25…mas é muito show…abraço..e parabens pelo capricho

  3. gostaria de conseguir o molde do p 51 por que eu faço replicas de aviões da segunda guerra em madeira com pintura original espero seu retorno

  4. estou procurando canopy do Spitfere MK XVII, Mustang P 51 D. P 40 curtis, e do Mosquito se tiver alguma informação onde encontrar, pois só encontrei noo Squadron mas eles não remetende para o Brasil,


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: