Publicado por: rodrigobmpoa | 25 de setembro de 2009

Messerschmitt Bf 109 E-4 – Academy 1:72 (Parte 4)

Olá amigos;

Vamos então para mais uma etapa da construção do meu avião. Ando me enrolando um pouco para dar tempo de chegar uns materiais que eu comprei da Easy Colors, tanto para esse Bf109 quanto para o Corsair.

Enquanto eles não chegam,fico relutante em começar mais um projeto, pois o espaço em casa e dois filhos MUITO curiosos não permitem exageros.Sem falar que um dos pequenos é o meu ajudante e está meio cabreiro por eu estar tocando dois projetos e ele nenhum (e isso com três anos, imaginem que o próximo apartamento vai ter que ter duas bancadas, certamente).

Vamos ao Bf, pois. Acho que toto kit em escala 1:72 é danado de fazer pelo tamanho pequeno. Mas é muito gostoso sempre. Mas chega a hora de marcarar o canopy e dá uma trabalheira. No caso do Bf 109 nem tanto.

Eu começo assim. Pego minha fita Tamiya Masking Tape e cuido para não tocar no lado do adesivo, pois senão tira um pouco da cola e ele nao prende bem no canopy, aí na hora de passar o estilete, como é área muito pequena pode descolar. Pego então a fita com cuidado e envolvo todo o canopy, cuidando para que a áera de contato não tenha sido tocada com os dedos.

Ah, tenham sempre o cuidado ao retirar da árvore (sprue como a gurizada chama hoje) o canopy, pois como ele é transparente pode ficar alguma marca se optarmos por fazer movimentos com a mão (o famoso vai e vem para destacar). Use um estilete com lâmina boa e corte com cuidado.

230920091182230920091183230920091184

Tem gente que faz diferente, o Juliano do excelente Bancada Virtual, pica a fita em vários quadradinhos e vai preenchendo. É uma ótima maneira, mas eu faço diferente. Eu cubro todo o canopy, e coloco ele contra a luz para ver as linhas divisórias mais claramente. Então com um estilete bem afiado, eu vou dando cortes longitudinais ou transversais, de acordo com a linha “no olho”, e com muito cuidado.

230920091185

Dica: Vou sempre primeiro na peça mais fácil do canopy, para me acostumar com a geometria e com a espessura das linhas divisórias. Depois vou para as mais difíceis. Às vezes não dá para colar simplesmente a fita e depois cortar, nesse caso eu fico olhando para a área a mascarar por minutos à fio até memorizá-la. Então eu coloco um pedaço de fita na mesa e reproduzo ela com um estilete. Com a lâmina desse eu retiro e coloco na área. Se não ficou bom eu retiro, colo na mesa e recorto outra ao lado, com as correções, até ficar boa. Normalmente fica de cara, mas três ou quatro tentativas são comuns de acontecer.

230920091187

E eis o resultado final:

230920091188230920091190

Espero que seja útil a dica!Até a próxima!

RodrigoBM


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: