Publicado por: rodrigobmpoa | 24 de agosto de 2009

Corvette 1957 – AMT ERTL 1:25 (Parte 2)

Olá pessoal;

Estou dividindo em posts a montagem do meu Corvette. Eu ainda estou aprendendo como fazer tutoriais, ou melhor, como ilustrar e descrever uma montagem. Então, tudo é uma novidade para mim, e preciso aprender, além de didática, como escrever de maneira clara e de fácil entendimento, sem enrolar muito e nem ser pouco explicativo. Há também a questão da imagem em si, não sou muito bom fotógrafo e estou usando para tirar as fotos meu aparelho Nokia N95, que não tem muitos recursos comparado com máquinas fotográficas dedicadas.

Começando o post, acho que é bom o modelista ter um espaço definido para as montagens, nada de muito aperto se possível, pois é preciso um certo espaço para organizar as coisas. Eu uso a mesa da cozinha, mas meu póximo imóvel já está sendo planejado com um atelier para essa finalidade.

Além do kit escolhido e das ferramentas (estilete, alicate, cola, suportes, tintas e similares) é opcional um ajudante. No meu caso tenho um que não larga do meu pé quando eu estou vivendo meu mundinho de modelista. (Acho que ele vai ser também pelo entusiasmo)

01 mais João

É legal que o ambiente seja bem iluminado, e que seja confortável pois às vezes passam horas e você acha que passam minutos. No meu caso isso é muito comum. Outra coisa que ocorre muito é que esse passatempo acaba aproximando ainda mais meu filho, pois apesar de ter apenas três anos, ele é muito curioso e passa um tempão conversando e querendo aprender coisas.

Bom, uma vez o espaço definido, vamos dar uma olhada mais de perto no kit. É muito importante trabalhar com kits que ofereçam um bom nível de detalhes, que seja bem próximo ao modelo real, e que tenha o plástico bem injetado na forma, assim você vai ter menos trabalho. Os kits são divididos em alguns tipos, e os meus são sempre de plástico injetado em formas, formando grades de suporte às peças, que são chamadas de “árvores”. O que precisa ser feito basicamente é pintar as peças e uni-las com cola ( na prática é importante corrigir falhas, limar sobras e colocar uma massa de preenchimento às vezes para “emparelhar”, normalmente em kits com má qualidade):

02

Então sempre se começa lendo o manual e seguindo-o. Comecei montando o bloco do motor:

03

Após aprontar o bloco do motor, é hora de pintar os acessórios dele para então completá-lo. Na hora de pintar existem duas maneiras: Uma é usar pincel e outra é usar o aerógrafo. Eu uso as duas, mas em geral uso pincéis para pintar detalhes e aerógrafo para superfícies maiores ou camuflagens de guerra. Procure sempre ter pincéis de boa qualidade e de tamanhos diferentes. Eu uso os da Humbrol, dos tipos “President” e “Senator”.

0405

Além das peças pintadas, em alguns kits também existem peças cromadas, mas essas vem prontas, sendo necessário apenas separá-las da árvore, aparar (com muito cuidado) as sobras e colar conforme o manual:

0607

Uma vez as peças pintadas e cortadas, chega a hora da colagem e montagem. Sugiro sempre testar o encaixe antes de por cola, pois isso é um dos principais motivos para dar algo errado e às vezes por um kit a perder. Visto isso o resultado final é esse:

0809

Normalmente após pintar, cortar da árvore, testar o encaixe, ajustar e colar, é preciso dar retoques na pintura das peças. Isso ocorre com certa frequência.

Bom com o motor praticamente pronto, é hora de passar para o chassi, transmissão e suspensões. Mas isso fica para o próximo post. Acho que não estou ainda detalhando o suficiente mas como disse, preciso aprender o timing desse negócio de montar e mostrar passo-a-passo.Vou tentar melhorar.


Responses

  1. Oi.
    Você fez a melhor escolha em tintas. Humbrol. Para você ter uma idéia da qualidade desta tinta, tenho latinha de 30 anos atraz que ainda estão perfeitas para usar. Para mim, é a melhor tinta que existe.
    Boa sorte ao blog…

  2. achei muito bacana esse seu blog, e gostaria de dar uma sugestão. Gosto muito de plastimodelismo, mas sempre tive dificuldade na hora da pintura dos modelo, primeiro porque em minha cidade (itapetininga-SP) não tem lojas especializadas, e segundo por falta de orientação mesmo (tintas, tecnicas, etc..), então minha sugestão é essa. Oriente o pessoal, principalmente quem esta começando, de como conseguir as melhores tintas e as tecnicas adequadas, para ter um bom resultado.
    Um abraço, e parabens pelo blog

  3. Oi..parabens pelo seu Kit, eu também vou começar a montar meu primeiro Kit.. da Revell um 69 Chevy Nova Copo, comprei pelo site da Maismodelismo
    agora so aguardando, a chegada do kit, se vc poder me dar umas dicas agradeço, sera meu primeiro kit, que vou montar…abraços a vc e boa sorte.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: